DIREITO À CONVIVÊNCIA SAUDÁVEL

Criar condições para que os membros da equipe convivam, ainda que virtualmente neste momento de pandemia, estreitem os laços, estabeleçam vínculos, é fundamental para a saúde emocional e para qualidade do meio-ambiente corporativo.

Sentir-se aceito e reconhecido na sua individualidade, inclusive quanto às nossas habilidades e dificuldades, é da ordem da saúde mental. Como dizia Maslow, trata-se de uma das necessidades básicas do ser humano.

Promover a aproximação, respeito às diferenças, empatia e valorização do outro são atitudes transformadoras que promovem um empoderamento individual e coletivo.

Saber não só quem está ao nosso lado, mas também com que profundidade e disponibilidade, faz toda a diferença.

Propiciar ambientes emocionalmente seguros de convivência na organização mostra-se estratégia transformadora, quando, convidando a todos os integrantes da equipe à confiança mútua, à transparência e a demonstração do quanto nos importamos uns com os outros e de que forma isso se mostra como uma experiência transformadora que eleva e engaja, a liderança empodera e fortalece o coletivo.. #equipes #gestaodepessoas #saudeemocional #saudemental #empatia #reconhecimento #pertencimento #motivação #felicidadenotrabalho